Atleta Audax de Paranavaí “desafia” a Serra do Rio do Rastro em Santa Catarina

Para fechar o ano de 2021 com chave de ouro, onde pedalou 12.800 km, o Super Randonneur o paranavaiense Ronny Eber Belmont, integrante da equipe CNC Racing, realizou no dia 30 de dezembro a subida da tão temida Serra do Rio do Rastro, em Lauro Mueller/SC.

A Serra do Rio do Rastro é famosa entre os ciclistas pelas suas belas paisagens e por possuir 284 curvas e 1.421 metros de elevação em pouco menos de 20 km. A pista é desafiadora e não conta com acostamento, devendo o ciclista percorrer o trajeto juntamente com os veículos.

Ronny traçou esse objetivo como meta pessoal para o ano de 2021 e realizou com muito êxito. A pedalada levou cerca de 1h52min, incluída a descida e teve por velocidade média de 13,7 km/h. E como dizem os ciclistas (ele zerou a subida, ou seja, subiu sem parar).

Achei que a Serra fosse mais dura considerando a grande altimetria em poucos km, por isso optei por uma pedalada conservadora evitando desgaste ao final, mas é totalmente possível fazer em menor tempo. Outro motivo de cautela foi o tráfego de veículos em razão do período de final de ano, quando cheguei em Lauro Mueller me assustei com o volume de veículos na Serra, até cogitei a hipótese de não subir, visto que teria que concorrer espaço com caminhões, mas no final deu tudo certo, optei em subir bem cedinho e o movimento estava tranquilo”.

Comentou Ronny
Preparação no litoral

Após concluir a série do Brevet de Randonneurs Mondiaux de 2021 (200; 300; 400 e 600 quilômetros), Ronny aproveitou o período de férias do trabalho para continuar os seus treinos, em ritmo reduzido, porém com a qualidade de sempre. Optou por realizar pedais em regiões de serras e vales, contribuindo para a resistência e integrando a pré temporada do Audax de 2022.

Em Holambra

Integrando os destinos de treino, o atleta esteve em Valinhos/SP e suas circunjacências durante a visita realizada a uma irmã, na sequência deslocou-se para Urubici/SC onde teve por destino pedalar nos pontos turísticos locais, famosos por sua altimetria. Entre eles estão o Morro da Igreja, Vale do Avencal, Serra do Corvo Branco e Morro do Campestre. Partindo daí, realizou a subida da Serra do Rio do Rastro, consagrando os pedais de grande altimetria.

Pedra Furada – Morro da Igreja

E para iniciar o ano 2022, em ritmo de pré temporada, realizou alguns pedais mais tranquilos nos litorais gaúcho e catarinense, em Torres/RS e Passos de Torres/SC.

Morro do Campestre

O ano de 2022 será de muitos treinos para Ronny que realizará novamente a série Brevet de Randonneurs Mondiaux 2022, a qual servirá de base para sua participação em 2023 na prova de 1.200 km intitulada – Paris Brest Paris Randonneurs (PBP) que acontece a cada quatro anos na França.

Vale do Avencal
Serra do Corvo Branco

Paranavaí 12/01/2022

Compartilhe: