Integrantes de organizadas invadem a Toca da Raposa para cobrar jogadores do Cruzeiro

Um grupo de integrantes de torcidas organizadas do Cruzeiro invadiu a Toca da Raposa II nesta quarta-feira, 7 de outubro, em protesto ao desempenho do time na Série B do Campeonato Brasileiro.

Vídeos divulgados nas redes sociais mostram torcedores com camisas de organizadas dentro da Toca discutindo com a Polícia Militar, que foi chamada no centro de treinamento celeste.

Segundo informações da PM, cerca de 30 integrantes de uma torcida organizada arrombaram a porta de vidro da Toca iniciando tumulto no interior do local, mas no vídeo aparenta ter, pelo menos, cerca de 50 torcedores. O ambiente foi controlado pela Polícia Militar, chamada pela segurança do clube. Os torcedores se retiraram do CT, mas de acordo com a PM, ficaram quatro integrantes da torcida para conversar com a segurança. Procurado, o Cruzeiro ainda não se manifestou sobre o caso.

O Cruzeiro está na zona de rebaixamento da Série B, com apenas 11 pontos ganhos. O time de Ney Franco está em 17º lugar e soma cinco vitórias em 13 rodadas. No último fim de semana, a equipe perdeu para o líder Cuiabá com o um gol nos minutos finais do jogo.

A crise no Cruzeiro é crítica dentro e fora de campo. Além do fraco desempenho nas partidas, o clube sofre com a grave situação financeira. Os jogadores estão com salários atrasados, o mês de agosto ainda não foi pago e hoje vence o mês de setembro.

Nesta quarta-feira, 7, o clube terá a segunda eleição do ano. Em cerimônia protocolar já que é candidato único, Sérgio Rodrigues, atual presidente, será oficialmente eleito para comandar o clube no triênio 2021-2023. Em maio, Sérgio foi eleito para um mandato-tampão até o fim deste ano. Ele substituiu Wagner Pires de Sá, que renunciou ao cargo.

Fonte – ge (Belo Horizonte)

Fotos – Maria Cláudia Bonutti e Guilherme Piu (Uol Esportes)

Paranavaí 07/10/2020

Compartilhe: