Formação do elenco para a Série A, objetivos em 2022 e Morínigo: como foi a reunião da diretoria do Coritiba

O G-5 e o restante da diretoria do Coritiba se reuniram na terça-feira, 23/11, para discutir o planejamento para a temporada 2022. Os dirigentes fizeram uma análise do elenco alviverde e farão uma reformulação grande de olho na próxima temporada na Série A. O técnico Morínigo também foi pauta.

O Blog já havia revelado no início da terça-feira que a diretoria entende que precisa fazer 12 contratações para fechar o elenco do ano que vem. A tendência é que metade do elenco que conquistou o acesso na Série B deixe o clube.

A reunião foi longa e durou a tarde inteira. Os diretores apresentaram e analisaram o planejamento feito para a próxima temporada.

A maior preocupação é em não errar a montagem do elenco, por conta do fechamento da janela de transferências, que acontece em abril. Depois desta data, os clubes brasileiros só vão poder contratar de novo a partir do dia 18 de julho.

Uma das decisões tomadas foi: com o limite de 35 jogadores inscritos no Campeonato Paranaense, o Coritiba vai usar algumas rodadas com o time principal para pegar ritmo para as fases iniciais da Copa do Brasil. A perda do título para o Botafogo custou uma vaga direta na terceira fase da competição.

A permanência do técnico Gustavo Morínigo também foi assunto. O técnico viajou para levar a família para o Paraguai nesta semana e já está de volta. Ele volta a treinar o time nesta quarta-feira, 24, de olho no último jogo do ano, contra a Ponte Preta, em Campinas.

Regis Marques, o empresário de Morínigo, também vai para Campinas. Logo depois do jogo, ele se reúne com o técnico para alinhar as expectativas para a conversa do final de semana com a diretoria.

Contudo, eles querem fazer a reunião para acertar alguns detalhes e evitar que o Coritiba monte um time que apenas brigue contra o rebaixamento na Série A.

Por Nadja Mauad – ge/Curitiba

Paranavaí 24/11/2021

Compartilhe: