Quarteto da “Peregrinação Solidária” chega em São Paulo

Nesta quarta-feira, 24/11, os ciclistas Fábio, Pardal, Gisney e Rogério que seguem a Peregrinação Solidária com destino ao Santuário de Nossa Senhora Aparecida, passavam às 10 horas por Sorocaba/SP, com destino a São Paulo, já tinham percorridos quase 715 km (até 12 horas de hoje, 24), dos 902 propostos.

No primeiro dia saindo de Paranavaí (dia 19/11) foram até Londrina (176 km). Foi um pedal bastante pesado devido a altimetria do trajeto, principalmente de Marialva até Londrina, um trajeto que nenhum dos quatro havia percorrido.

Júnior, Nei, Rogério, Fábio e Luís (apoio) em Itatinga

No segundo dia, foram até Andirá (120 km). Esse pedal também foi bastante desgastante, uma altimetria ainda mais elevada do que a do primeiro dia e já havia o desgaste do trajeto até Londrina. Neste trajeto um pneu furou.

No terceiro dia de Andirá até Santa Cruz do Rio Pardo/SP. Nesse dia fizeram um trajeto um pouco menor com cerca de 80 km para aproveitar melhor o dia para descansar e lavar as roupas da pedalada, para utilizar posteriormente.

Santa Cruz do Rio Pardo

Seguindo o trajeto, de Santa Cruz do Rio Pardo foram até Itatinga (130 km), onde foram. A partir desse trajeto a altimetria foi menor, entraram na rodovia Presidente Castelo Branco, que oferece excelentes condições para desenvolver o pedal, porém, devido ao desgaste dos dias anteriores o físico pesou bastante.

No quinto dia de pedalada chegaram até a Boituva (110 km). O que pesou bastante no quinto dia foi a oscilação de temperatura, em Itatinga na saída o frio era bastante intenso, e a partir das 9 horas, o sol começou a castigar, chegando no destino com um calor muito intenso isso por volta do meio-dia. Uma grande alegria para o grupo foi a oportunidade de encontrar um amigo caminhoneiro (Biro) que pratica o esporte de duas rodas e partilha o almoço na caixa do seu caminhão.

Com Biro

Sexto dia a previsão é percorrer mais 110 km até a cidade de São Paulo. A princípio a chegada a Aparecida do Norte estava prevista para o dia 26, na sexta-feira, mas a família do grupo se organizou e estarão indo até Aparecida para recepcioná-los, daí aumentou um dia de pedalada para serem recepcionados pelos seus familiares no dia 27/11.

Está sendo uma experiência inigualável, com muito esforço, enfrentando as adversidades como as condições das rodovias, o movimento intenso, as subidas, mas, o maior desafio é suportar a saudade de casa. Mas temos fé que tudo valerá a pena e seremos, ou melhor, já estamos sendo abençoados pela mãe Aparecida. E como todos sabem a nossa pedalada denominada e Peregrinação Solidária, tem objetivo social com arrecadação de cestas básicas para serem doadas as entidades assistenciais da nossa cidade (Paranavaí). Contamos com ajuda dos nossos amigos para fazer essa doação e além de doar que todos possam compartilhar esse projeto que temos, e nos ajudar a alcançar objetivo desta peregrinação que é arrecadar 902 cestas básicas”.

Relatou Rogério Romanini

Nesta quarta, 24, eles saíram às 5 horas e pretendem chegar a São Paulo. Na quinta-feira, 25/11, eles descansam, na sexta, 26, pedalam mais 180 km para chegar à Aparecida do Norte no sábado, 27.

Café da manhã na margem da Rodovia Raposo Tavares

As doações podem ser feitas com cestas básicas entregues na Auto Escola Alto Paraná, na NSA Bombas (na rotatória do Jardim São Jorge), no Depósito Casagrande e também na Dias Bike. As doações também podem ser feitas pelo Pix através da chave, e-mail peregrinacaosolidaria2021@gmail.com.

Os ciclistas contam com ajuda de toda a comunidade para as doações e assim fazer a alegria das famílias que mais necessitam.

Paranavaí 24/11/2021

Compartilhe: