Corinthians pode voltar aos treinos nesta quarta-feira

A preparação física do Corinthians que deve recomeçar nesta quarta-feira, 17 de junho, segundo o Departamento Técnico serão necessárias três semanas de “pré-temporada” antes de um retorno aos jogos oficiais.

O Departamento também trabalha já pensando em uma série de cuidados e controles de carga para evitar lesões nos jogadores. A falta de ritmo até mesmo de treino, depois de praticamente 90 dias longe dos gramados, é o principal obstáculo na visão do preparador físico da equipe Michel Huff.

Esse é o maior desafio que encontraremos. A perda é grande. Acredito que o tempo ideal seria, no mínimo, três semanas. Porém, sabemos que pelo contexto que encontramos será difícil estabelecer um período ideal. Estamos trabalhando com alguns cenários para que o tempo não seja empecilho na melhora desportiva”.

Disse Michel
Imagem da preparação inicial de 2020

E justamente pela falta de ritmo e pelo período longe dos gramados é que os atletas estarão mais suscetíveis a lesões. Por isso, o Corinthians já prepara treinos pensando em como evitar “estourar” seus jogadores no retorno às atividades nesta quarta-feira, 15.

Acredito que neste início precisamos priorizar o controle de carga dos treinos para que tenhamos primeiramente uma adaptação física e ganho de performanceNunca esquecendo que os aspectos psicológicos serão importantes no dia a dia dos treinos para superarmos esse momento e corremos menor risco de lesão”

Explicou o preparador físico

A dificuldade na percepção espaço-temporal é significativa e as demandas musculares, exigências biomecânicas e destrezas técnicas serão aspectos relevantes, que devem ter uma atenção especial. Essa atenção será dada através do monitoramento nas sessões de treino, como também as análises diárias das atividades utilizando as informações que possuímos dos atletas.

Depois de praticamente 90 dias de treinos à distância (a data exata será em 17 de junho), a análise da preparação física é positiva sobre o desempenho dos jogadores.

A princípio, a ideia era que os jogadores se mantivessem treinados para que a retomada não fosse tão dificultosa. Priorizamos os trabalhos físicos e buscamos na etapa final uma uniformidade das cargas propostas. O processo até aqui foi muito difícil, pois nunca tivemos tal situação no futebol brasileiro em grandes clubes. O grupo de jogadores assim como comissão técnica tem feito um belo trabalho e estão até aqui conectados para que possamos fazer as atividades possíveis da equipe”.

Encerrou Michel

Fonte – Ana Canhedo (GloboEsporte.com)

Fotos – Daniel Augusto JR (Agência Corinthians e Google

Paranavaí 15/06/2020

Compartilhe: