Título, Libertadores, Recopa, R$ 22 milhões… Tudo o que está em jogo para o Athletico na final da Sul-Americana

Athletico do Paraná busca o segundo título da Copa Sul-Americana nesse sábado, 20/11, contra o Bragantino, às 17 horas, no Estádio Centenário, em Montevidéu.

A taça, por si só, já serve de grande motivação. Porém, a conquista vale muito mais que isso. Entre outras vantagens, o campeão garante uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores de 2022 e ainda enche o cofre com mais 4 milhões de dólares (R$ 22,2 milhões na cotação atual). Além disso, o título dá o direito de disputar de disputar a Recopa Sul-Americana e a J. League/Conmebol – as duas em 2022.

Athletico e Bragantino decidem o título da Sul-Americana em jogo único. Em caso de empate no tempo normal, a partida segue para prorrogação. Se o empate persistir, a decisão será nos pênaltis.

Caso conquiste a taça, o Athletico será ainda o primeiro time brasileiro a conquistar a Sul-Americana duas vezes. Só os argentinos Boca Juniors (2004 e 2005) e Independiente (2010 e 2017) são bicampeões da competição.

A vaga direta na fase de grupos da Libertadores é uma das obsessões. Seria uma forma de já carimbar o passaporte para o torneio mais importante do continente sem ter que depender dos outros meios possíveis. Além da Sul-Americana, o Athletico pode conquistar isso ficando no G-4 do Brasileirão (que pode virar até G-7) ou com o título da Copa do Brasil (encara o Atlético-MG na final). Caso confirme a vaga, será a oitava participação do Furacão na Libertadores: o clube já esteve em 2000, 2002, 2005, 2014, 2017, 2019 e 2020.

O título engordaria ainda mais o bolso do Athletico. O Furacão já conquistou ao menos R$ 64 milhões em premiações nesta temporada. No caso da Sul-Americana, o Rubro-Negro já tem garantido 2 milhões de dólares (R$ 11,1 milhões), que é o prêmio dado ao vice-campeão. O valor dobra caso o clube conquiste o título, chegando a 4 milhões de dólares (R$ 22,2 milhões na cotação atual). Além disso, com a taça da Sul-Americana, o Athletico garantiria novas premiações para 2022, com Recopa, Libertadores e J. League/Conmebol.

O campeão da Sul-Americana 2021 vai disputar a Recopa Sul-Americana em 2022, contra o campeão da Libertadores – Palmeiras e Flamengo decidem o título na próxima semana. O Athletico disputou a Recopa em 2019 e foi derrotado pelo River Plate.

Além disso, o campeão da Sula poderá disputar a chamada J.League YBC Levain Cup/Conmebol Sudamericana, encarando o campeão da J. League (o campeonato japonês) de 2021. A decisão, em jogo único, é disputada no Japão. O Athletico já ergueu esse troféu em 2019.

OUTROS JOGOS DE HOJE, 20/11

Atlético-MG x Juventude – 19h – Premiere.

Fortaleza x Palmeiras – 19h – TNT e Premiere.

Chapecoense x Grêmio – 19h – SporTV e Premiere.

Atlético-GO x Ceará – 21h – Premiere.

Internacional x Flamengo – 21h30 – SporTV e Premiere.

Por Rodrigo Saviani – ge/Montevidéu

Foto: Staff Images/Conmebol

Paranavaí 20/11/2021

Compartilhe: