“Paranavaiense” vence eleição no Clube Olímpico de Maringá

Na eleição para a nova diretoria executiva do Clube Olímpico de Maringá (chamado carinhosamente de Majestoso), realizada no domingo, 13 de junho, a chapa 2 denominada “Olímpico do Futuro”, encabeçada pelo advogado paranavaiense Edvaldo Avelar Silva foi a vitoriosa.

Votação foi no sistema drive-tur

A Chapa 1 (Renovação) encabeçada por Herilvelton Freitas teve 175 votos, contra 193 da chapa 2 (Olímpico do Futuro) de Edvaldo, votaram pelo sistema drive-tur 368 sócios, estavam aptos aproximadamente mil sócios. Edvaldo tem como vice Nisvaldo Gargaro.

Churrasqueira

O mandato será de três anos, sem remuneração, com posse no dia 30 de junho de 2021. A eleição era para ter sido em maio de 2020, devido a pandemia houve atraso, e o mandato do atual presidente Mauri de Oliveira Brito foi prorrogado. Estavam aptos a votar com a mensalidade em dia aproximadamente mil sócios.

O Clube Olímpico um dos maiores de Maringá tem uma área de 84 mil metros (3.4 alqueires) e está situado na BR-376 saída para Paranavaí. Tem quase 1.300 sócios, em dia com a tesouraria estão quase mil sócios, o resto está inadimplente devido a pandemia da Covid-19. A mensalidade do Olímpico atualmente é R$ 350,00, um título custa R$ 5.500,00, a taxa de transferência custa R$ 2.000,00.

Academia

Edvaldo (58 anos) será o 13º presidente do Majestoso que teve início em 16 de março de 1963 (também 58 anos), sendo o primeiro presidente Ivan Neves Pedrosa. O novo presidente faz parte da atual diretoria, no cargo de diretor jurídico.

Demais componentes da diretoria executiva: 1º secretário José Ricardo P. Falco, 2ª Mércia Celeste A. Menezes, 1º tesoureiro Ilson Egídio Scatola, 2º Willian Ronaldo M. Carvalho, diretor de patrimônio Claudemir Oliveira D. Tanji, diretor social Carlos Alexandre de Souza, diretor de esportes Marcelo da Silva Bertolo, diretora de sede Maria Madalena Jacinto, diretora jurídica Bianca Soares Lemos.

Quadra de tênis coberta

A inadimplência inviabiliza os projetos que havíamos feito, sobrava em média por mês 100 mil reais, com isso foram feitas muitas coisas no Clube, sem chamada de capital o que é importante”.

Disse Edvaldo
Ginásio Poliesportivo

Maringá tem o Olímpico, o Maringá Clube, o Country Club, a Associação dos Funcionários de Maringá, a Acema, a AABB, o CTG e o Centro Português.

Edvaldo e o sobrinho Danilo Avelar jogador do S.C. Corinthians

Maior desafio nosso é solicitar que o sócio em atraso volte a contribuir normalmente. Muitos querem anistia, não podemos fazer, porque muitos estão em dia com as mensalidades. Temos que aumentar nossa arrecadação para termos folga na receita e realizar os projetos que temos e que trarão melhorias para o associado e valorização no título”.

Falou o presidente Edvaldo
Piscina térmica

O presidente Edvaldo quando residia em Paranavaí frequentava o Clube Campestre de Paranavaí como dependente, tem o apelido de Vadão.

Entrada do Clube

A diferença de 18 votos, acredito que não foi insatisfação dos sócios em relação a atual administração, que considero ser uma das melhores, com isso nossa responsabilidade aumenta, pela diferença, temos que fazer uma administração voltada para todos, como sempre foi, e procurando a melhoria do clube ainda mais, para continuar ser considerado o Majestoso. Temos uma equipe boa e vamos encarar o desafio nesta pandemia”.

Concluiu o advogado paranavaiense Edvaldo (Vadão)
Cancha de bocha

ESTRUTURA DO CLUBE OLÍMPICO

04 campos de futebol suíço iluminados

01 campo de futebol society (grama sintética) coberto.

02 ginásios de esportes.

01 piscina olímpica

01 piscina térmica

08 quadras de tênis, sendo duas cobertas

03 quadras para futevôlei/Beach tênis

Academia de ginástica

03 pistas de bolão

03 quadras de bocha

01 sala de sinuca com 06 mesas

01 academia para Pilates

01 salão social com capacidade para 1500 pessoas

01 salão social para pequenos eventos

01 salão para prática de Ioga

Estacionamento para 750 veículos

Paranavaí 20/06/2021

Compartilhe: