CISSA, 61 ANOS E 47 DE HANDEBOL, NÃO PRETENDE PARAR DE JOGAR

A apucaranense Cicera Mariana Alves Barbosa Santana (Cissa) residente em Paranavaí desde 1959, tem 61 anos e joga Handebol47 anos, atualmente defende a Seleção Máster de Paranavaí no Campeonato Paranaense (é a mais velha), disse que não tem data fixada para aposentar na modalidade, quer jogar até quando puder ajudar suas companheiras em quadra.

A armadora esquerda começou jogar Handebol em Paranavaí em 1973, também jogou Futebol na Taça Peg Calce e Showbool pela Farmácia São Lucas. No Handebol defendeu além de Paranavaí, Nova Esperança e a Seleção de Goiás em 1977, nos Jogos Universitários Brasileiros disputados em Natal/RN. Teve como técnicos os professores Antônio Abrantes (o primeiro técnico, o considera como pai), Ardengue (Nova Esperança, in memoriam) e Rinaque (Goiás).

No Handebol, Cissa foi campeã por Paranavaí nos Jogos Abertos do Paraná disputados em 1974 em Rolândia, e em 1975 em Paranavaí. Ficou em quinto lugar no Campeonato Brasileiro realizado em Natal/RN defendendo Goiás. Participou duas vezes dos Jogos Estudantis Brasileiros pela Seleção Paranaense Paraná.

Nessa pandemia Cissa está fazendo atividades físicas individualmente, já que o Paranaense não tem data prevista para o reinício, o último jogo foi em Toledo no ano passado.

A mãe Cissa tem um casal de filhos, é avó de cinco netos (duas meninas e três meninos). Um dos netos de Cissa, o Brayan Felipe Bontorin Santana está em Curitiba, na equipe de formação de futebol Sub-12 do Trieste.

Neste Dia das Mães, Cissa parabeniza todas as mães, e deseja que Deus abençoe grandemente hoje e sempre.

10/05/2020 – Paranavaí

Compartilhe: