Após distração, Lucas Mazzin capota a bicicleta e fratura clavícula

No sábado, 27 de junho, à tarde, sete ciclistas da equipe Master Bike, de Paranavaí, programaram para pedalar até Nova Aliança do Ivaí, o jovem Lucas Gabriel Fracarolli Mazzin em momento de distração capotou a bicicleta e quebrou a clavícula.

Eu tinha ido na Polícia Rodoviária Federal com um amigo (Rafael Batalha), os outros cinco ciclistas da equipe haviam saído às 16 horas, e estavam a nossa frente por 1,5 km, quando resolvemos apertar o ritmo para alcançá-los, como o Rafael estava melhor que eu fisicamente, falei para ele ir na frente que eu iria pegando o vácuo, quando fui cumprimentar um colega de pedal que estava vindo ao nosso encontro (próximo ao Condomínio Bouganville), me distrai, o pneu de minha bicicleta encostou no pneu traseiro dele e acabei capotando e fraturando a clavícula direita”.

Relatou Lucas

Os ciclistas que estavam à frente, voltaram para prestar socorro à Lucas, em seguida chegou uma ambulância do Samu e socorreu Lucas, seu pai Nivaldo Mazzin acompanhou o atendimento. Após resolvido o incidente, os ciclistas continuaram o trajeto traçado até Nova Aliança do Ivaí.

Demais ciclistas em Nova Aliança do Ivaí

Lucas tem 25 anos, começou a pedalar a sete meses, seu maior pedal foi à Marialva (180 km) em junho de 2020. Desde que começou a pedalar, ele emagreceu 27 quilos.

O ciclista disse que quando está pedalando, simplesmente esquece os problemas, e apenas curti o momento com dos amigos de pedal.

Nada é fácil nesse mundo…eu mesmo sofri no começo, mas mesmo assim sempre andava pelo menos 20 km por dia, até ganhar resistência. Sou vendedor de pneus e quando subia no andar de cima para mostra o pneu para o cliente, não conseguia explicar e respirar ao mesmo tempo, foi então que falei que iria mudar de vida em relação a saúde”.

Falou o ciclista
Lucas em Marialva

Lucas ainda aguarda vaga para fazer a cirurgia.

Caí, quebrei a clavícula, mas não vai ser isso que vau me desmotivar de pedalar novamente, só quem pratica corre o risco, ainda mais que eu sou meio “doido e porra loca”. Hoje caí, mas logo eu voltarei, quem sabe com o gesso eu tente pedalar”.

Finalizou o lesionado Lucas

Paranavaí 02/07/2020

Compartilhe: